Notícias:

26

Janeiro

Teroldego e Touriga Nacional são as novas apostas da linha Armando Memória

Focada em restaurantes e lojas especializadas, a linha Armando Memória, da centenária Vinícola Peterlongo, acaba de ganhar dois novos varietais tintos: Teroldego e Touriga Nacional, ambos elaborados com uvas cultivadas em Bagé, na Campanha Gaúcha. As variedades são a grande aposta do winemaker da vinícola, enólogo francês Pascal Marty. Junto com ele, a enóloga Deise Tempass, acompanha o passo a passo que colocou a Peterlongo de volta na rota do vinho brasileiro.
 
Os lotes são exemplares da safra 2016. As uvas foram colhidas e selecionadas manualmente. Após a colheita e o desengace (separação da uva do cacho), foi realizada a pré-maceração a frio por sete dias numa temperatura de 10ºC. A fermentação durou 25 dias a 22ºC, seguida pela pós-maceração. Os vinhos permaneceram por 12 meses em barricas de carvalho francês e há seis meses foram engarrafados. “Cada vinho tem bom tempo de guarda, suportando bom envelhecimento. Tendem a evoluir ainda mais na garrafa”, garante a enóloga Deise Tempass.
 
Os novos sabores chegam em pequenas partilhas. Do Armando Memória Touriga Nacional são 2.500 garrafas e do Armando Memória Teroldego 3.300 garrafas. Os lançamentos já estão à disposição no mercado. O valor de cada vinho no varejo da vinícola é de R$ 65,90 a garrafa.
 
A linha foi totalmente repaginada no ano passado. Agora são cinco varietais tintos: Cabernet Sauvignon, Merlot, Tannat, Teroldego e Touriga Nacional.
 
 

Vídeos do YouTube:

Confira nosso canal

Parceiros:

Parceiros de mídia:

Hotel Oficial:

Montadora:

Realização:

Estamos aguardando você na
Envase Brasil. Faltam ainda:

120

dias

20

horas

20

minutos

20

segundos

Venha para a Envase Brasil e
faça o seu negócio girar.