Notícias:

30

Abril

Evento projeta R$ 100 mi em Negócios e mira Recife em 2019

Em quatro dias, 7.320 profissionais da cadeia produtiva de bebidas e alimentos passaram pelos corredores da Envase Brasil | Embala Sul, realizada no Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Além das novidades em tecnologia apresentadas por 164 expositores, uma intensa e diversificada programação paralela com palestras, workshops e rodada de negócios e relacionamento oportunizaram negócios, novos contatos, fortalecimento de parcerias e atualização profissional. A projeção é de um volume de negócios entre 100 milhões de reais. Com o anúncio do acordo operacional entre os dois eventos e a data da próxima edição confirmada para agosto de 2019, em Recife (PE), os organizadores aceleram trabalhos para desenvolver a região nordeste do país.
 
Gerada no ventre do setor vitivinícola, a Envase Brasil foi evoluindo, assim como o vinho, acompanhando as mudanças e tendências do mercado de bebidas e alimentos. Novos segmentos foram sendo contemplados, levando soluções inovadoras para toda a cadeia. Nesta 13ª edição, foi perceptível a supremacia do setor cervejeiro, ocupando 60% da área de exposição, representatividade que já foi do vinho e que hoje abre espaço também para a água mineral, o suco, o refrigerante, o leite e o azeite de oliva. “A Envase atravessou duas décadas e hoje se firma em diversos segmentos, o que nos orgulha por vermos que estamos falando com diversos públicos que, juntos, têm em comum o desejo de desenvolver setores produtivos”, destaca o presidente da Envase Brasil | Embala Sul, Vicente Puerta.
 
Fornecedores, players setoriais, entidades e profissionais da cadeia produtiva de bebidas e alimentos comungaram do que há de melhor em tecnologia para a indústria de bebidas e alimentos. Segundo o responsável pela área comercial da Mesal, Rael Larini, a 13ª edição da feira se destacou pelo forte interesse dos visitantes nos produtos expostos. “A Envase Brasil 2018 foi diferenciada na questão de qualificação do público, o que trouxe novas oportunidades de negócios para a empresa”, afirma Larini.
 
Segundo o gerente comercial da Glassral Vidro Design, empresa que expõe pela primeira vez no evento, Alexandre Oliveira, a Envase Brasil resultou em bons relacionamentos. “A feira foi muito boa para contatos com vinícolas e cervejarias. Foi uma feira que desde o início gerou diversos contatos que virão a gerar bons negócios”, ressalta.
 
O gerente comercial da Brasilata, outra empresa que estreia na feira, Carlos Viterbo Júnior, ressalta os principais pontos positivos da Envase Brasil l Embala sul.  “Gostei muito da qualidade das visitas. Para nós, da Brasilata, a Envase Brasil foi muito proveitosa”, afirma.
 
Edições anuais intercaladas entre Sul e Nordeste
 
O desejo comum de ajudar a desenvolver a cadeia produtiva de bebidas e alimentos no Brasil aproximou a Envase Brasil e a Embala. A fusão dos eventos foi anunciada pelo presidente da Envase Brasil, Vicente Puerta, em seu discurso de abertura, na noite do dia 24 de abril, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS). Ambas já andam juntas e projetam a edição de 2019, que será de 13 a 16 de agosto no Centro de Convenções de Pernambuco sob a assinatura de Envase Brasil | Embala Nordeste. Em 2020, o evento volta para a Serra Gaúcha como Envase Brasil | Embala Sul. E assim, sucessivamente.
 
Passando a ser anual, o evento quer estar mais perto dos setores produtivos de cada região, aproximando quem produz das novidades em tecnologia para toda cadeia, do campo à venda. De acordo com Luiz Fernando Oliveira Pereira, diretor executivo da feira Embala, a intenção é ampliar a presença de microcervejarias em 2019, acompanhando o movimento do setor na região. “A Embala tem tradição no setor de envase. Com esta fusão, esperamos aumentar o número de empresas de tecnologia para equipar a indústria de alimentos e bebidas do Nordeste brasileiro”, explica. “Vamos acrescentar novos fornecedores para ajudar ainda mais a desenvolver essa cadeia. Estamos dando um grande passo”, afirma Pereira.
 
Para Puerta, a realização anual em duas regiões tão distintas do país terá impacto direto na qualidade de tudo o que é produzido nos mercados regionais. “Não estamos falando de um estado, mas de regiões. O Brasil é gigante e tem um futuro promissor e nós temos muito o que contribuir para ajudar a desenvolver a indústria de alimentos e bebidas”, destaca.
 
A edição de 2019 acontecerá em Recife, ponto geográfico estratégico. O evento chega para fortalecer a agenda do Norte e Nordeste. A expectativa é de reunir 180 expositores numa área de 18 mil metros quadrados, atraindo 8 mil visitantes. A projeção é de um volume de negócios na ordem de R$ 120 milhões.
 
Fotos: Augusto Tomasi
 
 

Vídeos do YouTube:

Confira nosso canal

Parceiros:

Parceiros de mídia:

Hotel Oficial:

Montadora:

Realização:

Estamos aguardando você na
Envase Brasil. Faltam ainda:

120

dias

20

horas

20

minutos

20

segundos

Venha para a Envase Brasil e
faça o seu negócio girar.