Notícias:

20

Junho

Jéssica Marinzeck é a Rainha das Taças 2018

 A batalha épica do mundo do vinho já tem uma rainha: Jéssica Marinzeck acaba de conquistar o título de Rainha de Copas 2018, evento inédito promovido pela Wines of Chile pela primeira vez no mundo. Com saca-rolhas a postos, Jéssica se consagrou rainha das taças com os vinhos Veramonte Chardonnay, Aresti Trisquel Sémillon, Casas del Bosque Pequeñas Poducciones Sauvignon Blanc, Cono Sur Single Vineyard Pinot Noir, Matetic EQ Syrah e Gandolini Las 3 Marías Vineyards Cabernet Sauvignon, que compuseram a carta que conquistou a maioria dos votos do público.
 
Juntamente com ela, as bravas sommelières (esse é o feminino da palavra ‘sommelier’) Daniela Bravin, Débora Breginski, Eliana Araújo, Gabriela Bigarelli e Gabriele Frizon entraram na arena e colocaram suas cartas de vinhos na mesa no charmoso Bar de Cima, no bairro dos Jardins, em uma noite descontraída e lúdica em que foram degustados alguns dos mais renomados vinhos do Chile, país que ocupa a posição número 1 no ranking de vinhos importados no Brasil.
 
“O evento foi uma experiência em que o grande coroado foi o público, que teve a oportunidade de degustar vinhos do Chile selecionados por importantes sommelières brasileiras. A escolha da melhor carta foi apenas uma forma de encerrar a divertida batalha, que contou exclusivamente com vinhos chilenos de qualidade superior e indiscutível. Todas as cartas são campeãs”, resume Angelica Valenzuela, diretora da Wines of Chile.
 
“Apesar de querer muito ganhar, claro, eu não esperava! Foi uma surpresa. E espero que as pessoas tenham se divertido tanto quanto eu”, resume a rainha Jéssica Marinzeck.
 
Sobre a carta que a consagrou Rainha das Taças, ela resume: “foquei em vinhos varietais e rótulos que me surpreenderam. O Veramonte Chardonnay não é um Chardonnay óbvio; o Aresti Trisquel Sémillon traz uma uva versátil já consolidada em outros lugares e que vai brilhar muito no Chile, especialmente em Curicó, onde está sendo reinterpretada; o Casas del Bosque Pequeñas Poducciones Sauvignon Blanc passa em madeira, é surpreendente e tem um estilo muito próprio; era importante ter um Pinot Noir de Casablanca, por isso selecionei o Cono Sur Single Vineyard Pinot Noir; o Matetic EQ Syrah expressa minha visão em relação à Syrah do Chile: identidade própria e vinhos muito complexos e o mundo precisa olhar para a Syrah chilena; e tinha que fechar com um clássico, que, nesse caso, foi esse projeto especial da Gandolini, o Las 3 Marías Vineyards Cabernet Sauvignon”.
 
Idealizada pela CH2A Comunicação, o projeto Rainhas de Copas é um reflexo da vanguarda do Chile em antecipar tendências e atender a demandas não apenas de consumo, mas também comportamentais. A ação reconhece e valoriza o protagonismo feminino no segmento, reforçando a presença cada vez mais significativa de sommelières em um ambiente majoritariamente masculino. Sem procedentes no Brasil, é a primeira vez que um projeto reúne exclusivamente as mulheres do vinho.
 
Integraram o Rainhas de Copas 2018 as vinícolas Aresti, Casa Silva, Casas del Bosque, Cono Sur, El Principal, Emiliana, Gandolini, Indomita, Matetic Vineyards, Pérez Cruz, Santa Carolina, Siegel Family Wines, Terranoble, Valdivieso, Ventisquero e Veramonte.
 

Vídeos do YouTube:

Confira nosso canal

Parceiros:

Parceiros de mídia:

Hotel Oficial:

Montadora:

Realização:

Estamos aguardando você na
Envase Brasil. Faltam ainda:

120

dias

20

horas

20

minutos

20

segundos

Venha para a Envase Brasil e
faça o seu negócio girar.